Pages

sábado, 24 de janeiro de 2009

O dia dos namorados de Serena Tsukino


O namorado viaja para os Estados Unidos para concluir seus estudos acadêmicos. Despede-se no aeroporto entregando à ela um anel de noivado. Ela todo dia escreve e envia uma carta à ele. Ele NUNCA responde. Ao mesmo tempo, um rapaz legal aparece em sua vida. A vida continua, as responsabilidades como estudante e heroína aumentam, novidades acontecem e...entre elas, uma grande dúvida - corresponder ou não a um possível novo amor? É diante dessa e outras questões que se desenrola a fase Stars de Sailor Moon. Mas atenho-me aqui, ao assunto do coração da heroína mais famosa do Japão.

Muitos sites na internet foram criados em defesa do provável novo casal da série, várias comunidades no Orkut incentivam um romance entre Serena Tsukino e Seiya Kou - tudo isso envolto em um clima polêmico. Polêmica por quê? Não é apenas o fato da visível possibilidade do fim do eterno casal lunar - a saber, Serena e Darien são as reencarnações da princesa e do príncipe da Lua - que põem em polvorosa os moonies mais tradicionais.

Explico: no anime, Seiya é um homem, porém, ao se transformar em Sailor Star Fighter, torna-se...tchãnã! Uma mulher! Ops! Como assim? Os reais motivos disso nem eu mesma sei ainda (estou assistindo os primeiros episódios dessa fase), mas no mangá, a polêmica toda é reforçada por Seiya ser o TEMPO TODO uma mulher, apenas disfarçada de homem no dia-a-dia da Terra (essa é ouuuutra história...). Acontece que Seiya tanto no anime como no mangá, é apaixonado por Serena, e os fãs mais ferrenhos não aceitam ver Sailor Moon envolvida em um caso talvez homossexual. Ironicamente, vem o casal lésbico formado por Haruka (Sailor Urano) e Michiru (Sailor Netuno) na contramão desse pré-conceito estúpido, mostrando através de seus milhares de fãs que opção sexual não é condição para determinar a índole de um super-herói.

Infelizmente esta covarde discussão arrasta-se em fóruns virtuais mundo afora, com moonies de mente tacanha - acusando de forma maldosa e desrespeitosa - Sailor Moon de lésbica. E aí eu pergunto: E se fosse, qual o problema? Isso tiraria toda a admiração e respeito daquela menina de maria-chiquinha loira e um enorme coração, que faz de tudo para salvar o mundo das forças do mal? Ouso dizer que quem pensa de tal maneira, é no mínimo infeliz.

Seiya (no anime) é um rapaz bonito, legal e divertido, tendo a façanha de fazer em menos de 5 capítulos, Serena muito mais feliz do que o Darien ao longo das cinco fases! Seiya sempre foi mais alegre, simpático e preocupado com a loirinha chorona, sempre a apoiando e a incentivando em qualquer momento. Além disso, ele demonstra muito mais vezes seu amor por Serena.

Darien começou a fase Classic com aquele ar de metido, as constantes discussões entre ele e Serena (quando ainda não sabiam sobre suas reencarnações) eram divertidas, levando uma massa de fãs a se emocionarem quando eles finalmente ficaram juntos. Fase R passa, Fase S passa, Fase SS passa, e a figura de "príncipe encantado" de Darien começa a se desmistificar...ele continua amando Serena, mas não é aquele namorado dos sonhos que imaginávamos. Claro que ninguém é perfeito (ainda mais um personagem de anime né!) mas a maneira um tanto quanto fria e distante que ele trata Serena, mais parece como um irmão mais velho cuidando da maninha. O relacionamento cai em um marasmo perceptível ao espectador - o que causa certa angústia em alguns fãs, que acusam Serena de ser tão relapsa até consigo mesma.

Diante de tais evidências e em vista de estar trilhando o longo caminho da fase Stars, confesso que Seiya já me cativou e ganharia o meu apoio se a dona Naoko Takeuchi - criadora de SM - deixasse de ser tão teimosa e visasse um bem maior para nossa querida heroína.

1 comentários:

A Princesa dos Sonhos disse...

Acho que também tem, para os fãs, a questão Chibi-Usa. Muita gente que aceita que a química Seiya/Usagi é maior que a Usagi/Mamoru e que Seiya a ama mais tem como problema para os dois o fato de no futuro Mamoru e Usagi terem uma filha e todos amam a Chibi-Usa.